19 de dez de 2010

AMEM e

desabafo!


Finalmente terminei a escola, pelo menos por esse ano. Terminei meu segundo ano do ensino médio. AMEM.

Digo amem porque minha escola é difícil, tenho 13 matérias e sempre estava cheia de trabalhos e provas, fora meu curso de inglês. Mas mesmo assim sempre arrumei um tempinho pra vocês... ^.^ (Mentira né, fiquei quase um mês parada, mas eu tentei)
....................................

Sobre a escola:

Bom, sei que muita gente vai pra escola só pra "zua", confesso que também ia à escola pra isso, mas daí um dia na minha oitava série eu me dei conta de que só faltavam três anos pra eu deixar a escola e tomar um rumo na vida. Isso me deixou muito preocupada.

Mesmo eu não sendo uma péssima aluna (na real sou nerd da turma, mas não estudo), me dei conta de que se eu não começasse a fazer alguma coisa eu ia me dar mal. Então fui à luta, pedi pro meu pai me colocar em um curso de inglês, que já estou fazendo há três anos. Esse ano eu decidi fazer um curso de informática básica, que eu acho que nem seria necessário pra mim (sou tipo uma tecnonerd, ou algo do ramo tecnológico que designe alguém que sabe fazer coisas que nunca tinha feito antes só observando uma cópia do original, acho que isso é uma pessoa autodidata ou algo assim, nem sei se é assim que se escreve isso ^.^), e esse foi o início do meu despertar.

Também sei que muito jovem, assim como eu, tem medo do que pode acontecer, acho até até que a palavra mais adequada para descrever esse sentimento seria insegurança.

De vez em quando eu fico viajando aqui e pensando:

"Nossa só mais um ano e eu já vou estar na faculdade, tomando rumo na vida"

Isso de certa forma me assusta, tenho medo de que as coisas não deem certo, e também tenho medo de que deem certo. É estranho! Mas até agora não me decidi exatamente o que quero fazer, isso também me deixa preocupada. Eu quero fazer ter um trabalho que me de satisfação, e por isso é muito difícil escolher o que fazer, porque tem muitas coisas que eu gosto. Isso é terrível.

Mas por em quanto vou ficar numa Nice, como diz meu professor de filosofia.

0 comentários:

Postar um comentário