25 de out de 2010

Hackeando inscrição na faculdade

Hackeando inscrição na faculdade (março de 2006)

Nos Estados Unidos, não existe vestibular. Mesmo assim, esperar pela resposta de uma universidade ou colégio de graduação ao pedido de admissão causa angústia extrema a todos os potenciais candidatos. Por isso, quando um hacker conseguiu entrar no sistema automatizado de inscrições de várias dessas escolas, em 2006, foi natural que ele quisesse dividir sua proeza. Assim, dezenas e dezenas de instituições americanas de alto nível, como Harvard e Stanford, viram seus candidatos se utilizando do método para checar qual o status de seus processos de admissão. O hacker, que permanece incógnito até hoje, postou nos fóruns online da [revista] Business Week todas as instruções necessárias para uma invasão bem-sucedida – informação removida do ar pouco depois. Todos os candidatos que fizeram uso do esquema foram informados que receberiam pelo correio, muito brevemente, cartas de reprovação aos seus pedidos de admissão.

0 comentários:

Postar um comentário